terça-feira, 6 de abril de 2010

O quanto se pode fazer em 10 anos? Um livro.

Dez anos. O tempo da reedição em linotipia de um Pictorial Websiter. Aquele dicionário cheio de figuras onde nossos bisavós e avós aprendiam mais sobre tudo. O vídeo mostra como Johnny Carrera reproduziu um destes exemplares, passo a passo, usando os recursos da antiga tecnologia. A edição era de 1898.
Ele encontrou o livro por acaso, em 1995, embaixo da poltrona do avô. O tratamento dos detalhes, o cuidado, o projeto, da impressão à costura e capa feitos à mão, tudo é primoroso.
Carrera foi fazendo o livro em seu tempo livre. O resultado é absolutamente encantador.
Adoro este vídeo porque há um exercício da observação da paciência e da minúcia. Há beleza. Do muito que passa aos nossos olhos durante o dia, pouco vemos. É interessante reduzir o ritmo do olhar, como se assiste a um filme francês. Esse é o efeito.
Claro, adoraria ter uma edição desta. Mas tenho por aqui um dicionário tradicional, herança da minha mãe que guardamos como jóia da família. Ainda em ótimo estado. Todas as páginas no lugar, amarradinhas, capa de couro perfeita, páginas amareladas, mas sem uma dobra.
Ainda bem, porque ao contrário do Carrera não entendo nada de processos gráficos e ficaria tristíssima se o perdesse.
Ah, sim. A dica deste vídeo veio pelo Twitter, do não-sei-quem-falou, meninos geniais que amam desenhos, figuras, palavras, poemas, sonhos...





Um comentário:

  1. vídeos como este que mereciam ser virais famosos na internet. Sonho!

    ResponderExcluir